sábado, 30 de novembro de 2013

A Criação do Homem - Antigos Astronautas (Dublado) - HD

.hipótese, possibilidades, mas nada comprovado.  

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Sereias - Novos Indícios [Dublado] - Discovery Channel.


link http://youtu.be/ZzVuO3bgrqg 

Contato Extraterrestre - Caídos em Terra - Completo 08/2013

SERES EXTRATERRESTRES estão no Planeta Terra,
eles tem contato com os governos no planeta, e querem dominar o nosso mundo.


terça-feira, 12 de novembro de 2013

Fwd: spam Camarão+ vitamina C = arsenico



-
 
Antes de divulgar informações como estas, procure averiguar a possibilidade de ser spam. É o caso!!!!!!!!!!!!!
Colo aqui a informação concreta... esse spam é de 2001!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Beijokas!
 
Denny 
 

Camarões, arsênio e vitamina C, uma estória (falsa) de amor 

(http://scienceblogs.com.br/uoleo/2009/11/camaroes_e_arsenico_uma_estori.php)

Category: CiênciaVida
Posted on: novembro 30, 2009 8:00 AM, by Igor Santos
"Finalmente traduziram esse!" foi a minha primeira reação quando recebi de Atila a versão em português de um spam que Ítalo me mandou três meses atrás (com uma versão circulando pelo menos desde 2001) e que alerta os comedores de camarão dos perigos da vitamina C associada à uma dieta de artrópodes (para mais sobre o parentesco dos camarões, visite o uôleo).
Começando do início, uma taiwanesa começa, aparentemente sem motivo, a sangrar profusamente pelos ouvidos, nariz, boca e olhos (como todas essas partes podem ser consideradas como orifícios, é de se supor que ela também estivesse secretamente sangrando por outros buracos, mas o email não diz).
Uma autópsia preliminar diz "envenenamento por arsênico".
Sério?
Bom, o próximo parágrafo afirma que a polícia "iniciou uma profunda e extensa investigação".
Duas linhas mais tarde, no entanto, temos que "em menos de meia hora, o mistério foi elucidado".
Outra coisa que eu ignorava: "profunda e extensa" é sinônimo de "rápida e mal feita".
Interessante.
(Só achei uma pena que o trecho que lê o professor disse: " O óbito não se deu por suicídio nem por assassinato, a vítima morreu acidentalmente por ignorância ! " não foi precedido por "elementar, meu caro Watson.")
Em seguida, num brilhante protesto contra a submissão à norma culta e numa demonstração de desapego total a qualquer resquício de gramática, o autor escreve: "Todos ficaram intrigados, por quê morte acidental? O arsênico ataca os militares americanos que transportam mudas de arroz H Gao."
Depois que recobrei a consciência, uma busca por "arroz H Gao" produziu apenas páginas apontando para o email falso, enquanto somente "H Gao" produz inúmeras páginas de publicações do (nano)engenheiro mecânico de (nano)materiais Huajian Gao.
Legal. Me lembrou um exercício de pontuação da quinta série que pedia para dar sentido à frase "Maria só toma banho quando sua mãe traz a toalha diz ela".
Continuando, temos que "A vítima tomava Vitamina C todos os dias, que por si só não é nenhum problema" (aham) e "O problema é que ela comeu uma quantidade grande de camarão no jantar. Comer camarão não foi o problema (...)
Utilizando-se lógica simbólica, podemos notar que:
comer camarão = problema; e, comer camarão <> problema, o que resulta em comer camarão = +/- comer camarão.
Logo, temos que: raiz quadrada de (comer camarão)² = 1.
Ou seja, se o camarão fosse uma dízima periódica e o ato de comer fosse uma equação de segundo grau, Schrödinger não teria problemas e seu gato ainda estaria vivo, a não ser que estivesse morto.
E vocês sabem que essa explicação faz tanto sentido quanto o trecho analisado.
Finalmente, uma passagem passível de ser testada: "Pesquisadores da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, descobriram através de experiências, que alimentos, como camarão "casca mole" contem alta concentração de compostos de 5-potassio-arsenico."
Como eu prestei vestibular há pouco tempo, não tenho a menor chance de saber se existe mesmo um 5-potássio arsênico, mas sei que na University of Chicago nunca se ouviu falar disso. Pelo menos não por escrito.
Depois disso, uma reação magiquímica é dada (grifos meus): "ao ingerir a Vitamina C, o inicialmente não-tóxico 5-potassio-arsenico (As2 O5) se converte no tóxico 3-potassio-arsênico, também conhecido como trióxido de arsênio (As2 O3)".
Mais uma vez, o vestibular sugou toda a minha capacidade de balancear reações químicas, mas eu sei que o símbolo do potássio é K e sei também que ele não aparece em lugar algum na reação acima.
Mas não se preocupem, o oxigênio veio cobrir a falta do colega monoletrado.
Então, o que deveria (eu acho) ser As2K5 e As2K3 vira As2O5 e As2O3.
Aquele nome mais uma vez: magiquímica.
Na verdade o finalzinho do parágrafo "é também conhecido como trióxido de arsênio (As2 O3), que é popularmente conhecido como arsênico".
"Arsênico" é popularmente conhecido como "arsênico".
No máximo "arsénio", caso se subscreva ao sistema luso de entonação.
"Arsênio" é outro sinônimo. "Trióxido de arsênio" não.
Continuando: "O venenoso arsênico faz parte do magma"
AAAAAAAAH!!!!! CORRAM!!!!!!!!
Não, sério, continuando: "O venenoso arsênico faz parte do magma e causa paralisia nos pequenos vasos sangüíneos, "mercapto Jimei" ??"
Preciso parar aqui porque eu já li mil vezes e não consigo entender a frase.
Isso foi uma pergunta? Os vasos sanguíneos se chamam "mercapto Jimei"? Mercapto não é um semideus grego?
Como o começo da mensagem faz menção indireta a um pesquisador chinês, creio que "Jimei" aí se refira à Universidade de Jimei, na China. Mas não é certeza, pode ser outro pesquisador com o sobrenome Jimei ou com o nome completo Ji Mei.
Não sei, estou muito confuso...
Sabem qual o maior motivo da minha confusão? Lógico que não, eu ainda não disse (e nem mesmo sei se entendo), mas digo agora: logo após o trecho acima o autor descreve as consequências de envenenamento por arsênio usando exatamente os mesmos sintomas de escorbuto grave, causado por falta de vitamina C, que no spam é a responsável pela mazela.
E agora? Se não tomar a ácido ascórbico eu vou sangrar pela boca até morrer, mas se tomar eu também vou sofrer de hemorragia bucal mortal. O que fazer com esse ardil 22?
Ah, lembrei que eu não como camarão!
Ufa! Estou a salvo.
Mas, se vocês comem aquele bicho e querem seguir a seguinte dica do finalzinho do email: "Dessa forma, como medida de precaução, NÃO coma camarão quando ingerir Vitamina C", eu recomendo que vocês fiquem longe e evitem comer melão, mamão, manga, goiaba, ervilha, morango, pimentão, laranja, acerola, tangerina, limão, kiwi, espinafre, banana, maçã, tomate, brócolis, goiaba, ervilha, batata, Fanta, couve, aspargos, repolho, pera, amoras e suas variações, pepino, cravos, pimentas de vários tipos, uva, ameixa, abacate, orégano, milho, alguns tipos de peixe, carne de foca e a salsinha que vem sobre o arroz quando você pede um prato de camarão aos quatro queijos.
Isso e alho, um dos alimentos mais ricos em ácido ascórbico.
Quantas pessoas vocês conhecem que comeram camarão ao alho e óleo e sobreviveram?
Pois é.

Mais uma vez, faço minhas as palavras finais do texto:
"Depois de ler isto, por favor, não seja egoísta. Encaminhe este texto a tantos quanto puder."
 
 





--
Leia a Bíblia Sagrada, e tenha sua vida transformada, para experimentar a boa, agradável e perfeita vontade de DEUS.    +Erlon   ___><)º>____

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

spam Camarão+ vitamina C = arsenico


 
 
Antes de divulgar informações como estas, procure averiguar a possibilidade de ser spam. É o caso!!!!!!!!!!!!!
Colo aqui a informação concreta... esse spam é de 2001!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Beijokas!
 
Denny 
 

Camarões, arsênio e vitamina C, uma estória (falsa) de amor 

(http://scienceblogs.com.br/uoleo/2009/11/camaroes_e_arsenico_uma_estori.php)

Category: CiênciaVida
Posted on: novembro 30, 2009 8:00 AM, by Igor Santos
"Finalmente traduziram esse!" foi a minha primeira reação quando recebi de Atila a versão em português de um spam que Ítalo me mandou três meses atrás (com uma versão circulando pelo menos desde 2001) e que alerta os comedores de camarão dos perigos da vitamina C associada à uma dieta de artrópodes (para mais sobre o parentesco dos camarões, visite o uôleo).
Começando do início, uma taiwanesa começa, aparentemente sem motivo, a sangrar profusamente pelos ouvidos, nariz, boca e olhos (como todas essas partes podem ser consideradas como orifícios, é de se supor que ela também estivesse secretamente sangrando por outros buracos, mas o email não diz).
Uma autópsia preliminar diz "envenenamento por arsênico".
Sério?
Bom, o próximo parágrafo afirma que a polícia "iniciou uma profunda e extensa investigação".
Duas linhas mais tarde, no entanto, temos que "em menos de meia hora, o mistério foi elucidado".
Outra coisa que eu ignorava: "profunda e extensa" é sinônimo de "rápida e mal feita".
Interessante.
(Só achei uma pena que o trecho que lê o professor disse: " O óbito não se deu por suicídio nem por assassinato, a vítima morreu acidentalmente por ignorância ! " não foi precedido por "elementar, meu caro Watson.")
Em seguida, num brilhante protesto contra a submissão à norma culta e numa demonstração de desapego total a qualquer resquício de gramática, o autor escreve: "Todos ficaram intrigados, por quê morte acidental? O arsênico ataca os militares americanos que transportam mudas de arroz H Gao."
Depois que recobrei a consciência, uma busca por "arroz H Gao" produziu apenas páginas apontando para o email falso, enquanto somente "H Gao" produz inúmeras páginas de publicações do (nano)engenheiro mecânico de (nano)materiais Huajian Gao.
Legal. Me lembrou um exercício de pontuação da quinta série que pedia para dar sentido à frase "Maria só toma banho quando sua mãe traz a toalha diz ela".
Continuando, temos que "A vítima tomava Vitamina C todos os dias, que por si só não é nenhum problema" (aham) e "O problema é que ela comeu uma quantidade grande de camarão no jantar. Comer camarão não foi o problema (...)
Utilizando-se lógica simbólica, podemos notar que:
comer camarão = problema; e, comer camarão <> problema, o que resulta em comer camarão = +/- comer camarão.
Logo, temos que: raiz quadrada de (comer camarão)² = 1.
Ou seja, se o camarão fosse uma dízima periódica e o ato de comer fosse uma equação de segundo grau, Schrödinger não teria problemas e seu gato ainda estaria vivo, a não ser que estivesse morto.
E vocês sabem que essa explicação faz tanto sentido quanto o trecho analisado.
Finalmente, uma passagem passível de ser testada: "Pesquisadores da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, descobriram através de experiências, que alimentos, como camarão "casca mole" contem alta concentração de compostos de 5-potassio-arsenico."
Como eu prestei vestibular há pouco tempo, não tenho a menor chance de saber se existe mesmo um 5-potássio arsênico, mas sei que na University of Chicago nunca se ouviu falar disso. Pelo menos não por escrito.
Depois disso, uma reação magiquímica é dada (grifos meus): "ao ingerir a Vitamina C, o inicialmente não-tóxico 5-potassio-arsenico (As2 O5) se converte no tóxico 3-potassio-arsênico, também conhecido como trióxido de arsênio (As2 O3)".
Mais uma vez, o vestibular sugou toda a minha capacidade de balancear reações químicas, mas eu sei que o símbolo do potássio é K e sei também que ele não aparece em lugar algum na reação acima.
Mas não se preocupem, o oxigênio veio cobrir a falta do colega monoletrado.
Então, o que deveria (eu acho) ser As2K5 e As2K3 vira As2O5 e As2O3.
Aquele nome mais uma vez: magiquímica.
Na verdade o finalzinho do parágrafo "é também conhecido como trióxido de arsênio (As2 O3), que é popularmente conhecido como arsênico".
"Arsênico" é popularmente conhecido como "arsênico".
No máximo "arsénio", caso se subscreva ao sistema luso de entonação.
"Arsênio" é outro sinônimo. "Trióxido de arsênio" não.
Continuando: "O venenoso arsênico faz parte do magma"
AAAAAAAAH!!!!! CORRAM!!!!!!!!
Não, sério, continuando: "O venenoso arsênico faz parte do magma e causa paralisia nos pequenos vasos sangüíneos, "mercapto Jimei" ??"
Preciso parar aqui porque eu já li mil vezes e não consigo entender a frase.
Isso foi uma pergunta? Os vasos sanguíneos se chamam "mercapto Jimei"? Mercapto não é um semideus grego?
Como o começo da mensagem faz menção indireta a um pesquisador chinês, creio que "Jimei" aí se refira à Universidade de Jimei, na China. Mas não é certeza, pode ser outro pesquisador com o sobrenome Jimei ou com o nome completo Ji Mei.
Não sei, estou muito confuso...
Sabem qual o maior motivo da minha confusão? Lógico que não, eu ainda não disse (e nem mesmo sei se entendo), mas digo agora: logo após o trecho acima o autor descreve as consequências de envenenamento por arsênio usando exatamente os mesmos sintomas de escorbuto grave, causado por falta de vitamina C, que no spam é a responsável pela mazela.
E agora? Se não tomar a ácido ascórbico eu vou sangrar pela boca até morrer, mas se tomar eu também vou sofrer de hemorragia bucal mortal. O que fazer com esse ardil 22?
Ah, lembrei que eu não como camarão!
Ufa! Estou a salvo.
Mas, se vocês comem aquele bicho e querem seguir a seguinte dica do finalzinho do email: "Dessa forma, como medida de precaução, NÃO coma camarão quando ingerir Vitamina C", eu recomendo que vocês fiquem longe e evitem comer melão, mamão, manga, goiaba, ervilha, morango, pimentão, laranja, acerola, tangerina, limão, kiwi, espinafre, banana, maçã, tomate, brócolis, goiaba, ervilha, batata, Fanta, couve, aspargos, repolho, pera, amoras e suas variações, pepino, cravos, pimentas de vários tipos, uva, ameixa, abacate, orégano, milho, alguns tipos de peixe, carne de foca e a salsinha que vem sobre o arroz quando você pede um prato de camarão aos quatro queijos.
Isso e alho, um dos alimentos mais ricos em ácido ascórbico.
Quantas pessoas vocês conhecem que comeram camarão ao alho e óleo e sobreviveram?
Pois é.

Mais uma vez, faço minhas as palavras finais do texto:
"Depois de ler isto, por favor, não seja egoísta. Encaminhe este texto a tantos quanto puder."
 
 


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Fwd: Lugares escondidos



--
Acesse o link se você não conseguir visualizar esta mensagem.
Descadastre-se caso não queira receber mais e-mails.



--
Leia a Bíblia Sagrada, e tenha sua vida transformada, para experimentar a boa, agradável e perfeita vontade de DEUS.    +Erlon   ___><)º>____