quinta-feira, 15 de setembro de 2011

CANASTRA

Canastra é uma cesta larga com hastes de madeira flexíveis. Normalmente era usada em viagens feitas a pé, e carregada nas costas. Também pode ser uma bolsa ou maleta na qual se guardam objetos pessoais. Monteiro Lobato, escritor brasileiro do Século XX, criou 'O Sítio do Pica-pau Amarelo', uma obra cujos livros narram as aventuras fantásticas dos primos Pedrinho e Narizinho, sempre acompanhados dos amigos, o visconde de Sabugosa, o marquês de Rabicó, o Saci e, principalmente, a atrevida e respondona boneca de pano Emília. Emília, ao longo das aventuras, vai acumulando objetos em sua canastrinha. Dentro da canastra da Emília tem de tudo: escama de cauda de sereia, conchas do Reino das Águas Claras e até umas pílulas falantes. Não podem faltar também os deliciosos quitutes da tia Anastácia, cozinheira de mão cheia. A boneca de pano nunca se importou com o peso da sua canastra, já que era sempre o visconde quem a carregava.

 

>>Definição do iDicionário Aulete:

 

canastra1 (ca.nas.tra)

sf.

1. Cesta larga, com ou sem tampa, feita com hastes ou ripas de madeira flexível

2. Bras. Caixa ou maleta de couro para guardar roupas íntimas, roupa de cama, objetos pessoais etc.

3. Bras. Fig. Pop. A parte do tronco correspondente às costas, esp. a que suporta cargas e objetos pesados

s2g.

4. Pop. Cin. Teat. Telv. Canastrão

[F.: Fem. de canastro 'cesta'.]

 

canastra2 (ca.nas.tra) Bras. Lud.

sf.

1. Jogo de cartas de origem argentina, jogado por duas duplas

2. Sequência de sete cartas do mesmo naipe (ou de sete cartas de mesmo valor), em jogos como canastra (1), biriba e buraco

[F.: Do espn. canasta.]

Bater a canastra
1 Bras. Gír. Morrer.

Canastra real
1 O jogo da canastra jogado sem curingas.

___