sábado, 10 de setembro de 2011

"o demônio saiu da filha dela"

VERSÍCULO:
Ele lhe disse: "Deixe que primeiro os filhos comam até se
fartar; pois não é correto tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos
cachorrinhos". Ela respondeu: "Sim, Senhor, mas até os
cachorrinhos, debaixo da mesa, comem das migalhas das crianças".
Então ele lhe disse: "Por causa desta resposta, você pode ir; o
demônio já saiu da sua filha". Ela foi para casa e encontrou sua
filha deitada na cama, e o demônio já a deixara.
-- Marcos 7:27-30

PENSAMENTO:
Mesmo numa situação humilhante de ter que rogar por ajuda, a
mulher continuou pedindo socorro por sua filha. Alguns pais lutam
para ajudar seus filhos com doenças; outros para resistir às drogas
ou outros vícios. Seja qual for a batalha, Deus está vendo nossa
fé. Pode demorar a resposta e pode até parecer que ele não se
importa. Mas, ele se importa e ele está ouvindo nossas orações e
vendo nossa fé. Aquela menina não foi curada pela fé dela, mas,
pela fé da mãe dela. Deus ainda age assim hoje. Se o seu filho ou
sua filha precisa de Deus, continue intercedendo. Deus está lhe
ouvindo. Se a resposta parece demorada a chegar, confie nEle - há
uma razão. Quem escreve estas palavras é testemunho pessoal da
fidelidade de Jesus e do poder de pais que oram por filhos
perdidos. Não desista de crer e orar. Sua resposta está a caminho.

ORAÇÃO:
Pai querido, damos graças por saber que o Senhor entende o
sentimento de pai. O Senhor se fez como nós para que nós pudéssemos
saber o quanto o Senhor entende. Obrigado. Ouça os pedidos, por
favor, daqueles pais que sentem que não há mais esperança. Dê
forças a eles para continuarem lutando, mesmo que a única arma que
lhes reste seja a oração. Que seja por esta arma, nosso Deus, que
eles vejam o Senhor agindo com todo seu poder e com todo seu amor.
Em nome de Jesus oramos. Amém.

http://www.hermeneutica.com/jd/2/0910.html