quarta-feira, 26 de outubro de 2011

vou seguir-te, Senhor



VERSÍCULO:
  Ainda outro disse: "Vou seguir-te, Senhor, mas deixa-me primeiro
voltar e despedir-me da minha família". Jesus respondeu: "Ninguém
que põe a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de
Deus".
   -- Lucas 9:61-62

PENSAMENTO:
  O trabalhador, abrindo a terra com o arado, tem que olhar sempre
para a frente, senão ele se desvia e o sulco sai torto. Será que o
homem voltando a se despedir da família não seria distraído com
outro compromisso, e outro e outro…? Quantas vezes nós nos
comprometemos com Jesus e daí vem uma ligação, um convite, uma
"oportunidade imperdível"? Só tempos depois vemos o quanto fomos
desviados do Caminho. Quando Jesus nos chama a firmeza na decisão
de segui-lo ele está nos fazendo um favor. Cada desvio no caminho,
e há tantos, nos leva mais distante do nosso verdadeiro alvo – o
Reino de Deus.

ORAÇÃO:
  Ó Senhor da minha vida, quantas vezes fui distraído e desviado
por coisas boas, porém, não necessárias? Só uma coisa me falta –
sentar quando é para sentar e andar quando é para andar bem junto
de Jesus. Ele é tudo que eu preciso. Obrigado por me lembrar disso.
Em nome do Cristo eu oro. Amém.

http://www.hermeneutica.com/jd/2/1015.html