terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Pão de cada dia




VERSÍCULO:
  "Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia."
   -- Mateus 6:11

PENSAMENTO:
  A honra do nome de Deus e a realização da sua vontade no céu e
na terra são importantes. Mas, Jesus mostra aqui que compreende que
nós temos outras necessidades também. O pão pelo qual Jesus ensina
os discípulos a orarem não é nenhuma figura como a vontade de Deus
(João 4:34), nem o próprio Jesus, o Pão da Vida (João 6:48). O pão
pelo qual Jesus nos ensina a orar é pão mesmo. Trigo, água e sal,
com ou sem fermento. As sensações de fome e sede que sentimos foram
dadas por Deus. Pedir a Deus por algo para comer, ou outra
necessidade básica, faz parte também da oração ensinada por Jesus.
Deus entende e quer suprir nossas necessidades básicas como comida,
roupa e moradia. Para não ficarmos ansiosos sobre o que vamos comer
ou beber (6:25), temos que estar sempre orando para que Deus nos
proporcione o que precisamos. Só fazendo assim podemos viver em
paz. Se deixamos de pedir estas coisas a Deus, é natural que
fiquemos ansiosos. O ensino sobre a oração pelas coisas básicas
também nos protege contra o medo e a ansiedade pelas coisas que
Deus já está providenciando. Notamos também que é o pão "nosso" que
devemos pedir. Será que Jesus queria nos lembrar que não é só "meu"
pão pelo qual eu devo pedir, e sim, dos outros, especialmente
daqueles que têm menos chance de ver seu pedido atendido?

ORAÇÃO:
  Tantas vezes e por tantas bênçãos, meu Senhor, eu esqueço de lhe
agradecer. Eu nem peço, mas eu sei reclamar quando o que recebo é
menos do que eu esperava. Perdoe-me. E muito obrigado por me
lembrar que tudo que eu tenho veio como o Maná do Senhor. Em nome
do Pão da Vida eu oro. Amém. [*** Veja a imagem deste versículo
aqui: http://www.hermeneutica.com/imagens/mateus6_11.html ]

http://www.hermeneutica.com/jd/1/0131.html